domingo, 28 de outubro de 2012

Hipocrisia.


Os adeptos do jeitinho brasileiro, na minha opinião, são tão corruptos quanto um político corrupto; tão mal caráter quanto. Furar uma fila quando encontra um conhecido numa espera quilométrica, falsificar carteirinha de estudante, roubar sinal de TV a cabo, subornar guardas para evitar multas, colar na prova, Bater ponto pelo colega de trabalho, apresentar atestado medico falso, comprar produtos falsificados e muitas vezes roubados, não devolver o troco que recebeu a mais na padaria da esquina,  ficar em filas preferenciais se passando por doentes,  cobrar a mais por algo para tirar o seu,  deixar de  pagar uma Organização sem Fins Lucrativos da qual pertence, gastar o dinheiro de pais velhinhos sem eles saberem e autorizarem, negociar imoveis com amigos ou parentes aproveitando desse vinculo para se beneficiar...  e por aí vai, inúmeros atos. Eu mesma já fui vitima de uma pessoa que desmontou a sacolinha de Natal que eu fiz para pegar alguns itens para uso de seus próprios filhos. é mole?

Ética não só tem de estar presente em todos nós, como também deve ser praticada em todos os lugares, em qualquer momento.
Me embrulha o estômago quando vejo  pessoas  postando coisas... criticando pessoas por atos que elas até já cometeram.   
Já vi pessoas rindo de  politicos que trocam votos por dentaduras e essas mesmas pessoas  na primeira oportunidade se vendem por um sofá  ou uma cozinha.
Quanta Hipocrisia!


Uma coisa que me revoltou  muito na adolescência era ouvir comentários relacionados a minha família... "coitado ele é  bobo é honesto demais."   e   "Esses são os certinhos da família". é infelizmente...
ser correto pra alguns é sinônimo de gente desinteressante.





Nenhum comentário: